Reestruturação avança com implantação das áreas temáticas de fiscalização

0
290
Divulgação

O programa de reestruturação do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul avança novamente com a implantação das divisões temáticas e a nomeação dos servidores que vão chefiar cada uma delas. O ouvidor do TCE-MS, conselheiro Osmar Jeronymo, presidente da Comissão responsável pela reestruturação da Corte de Contas, considera essa a fase mais importante do programa. “Agora nós estamos ‘virando a chave’. Estamos saindo das inspetorias e indo para as divisões e isso nos dá tranquilidade. Os trabalhos do TCE-MS caminham, cada vez mais, para um futuro técnico.”

O objetivo dessa reestruturação é tornar o TCE-MS mais técnico e especializado. Com o fim das inspetorias e a criação das divisões temáticas, o Tribunal eleva o padrão de trabalho ao modelo utilizado pelo Tribunal de Contas da União e segue avançando no aprimoramento do controle externo. De agora em diante, o julgamento das contas públicas será ainda mais rápido, porque os conselheiros contarão com o apoio técnico e especializado de cada setor. Para o conselheiro Marcio Monteiro essa mudança “torna o TCE-MS muito mais eficiente e, certamente, dá mais segurança para o gestor público e para os conselheiros fazerem o julgamento com uma base muito mais sólida”.

Nessa nova fase os trabalhos da área técnica e de fiscalização passam a ser feitos por 13 áreas tematizadas. Sebastião Mariano Serrou assume a chefia da Divisão de Fiscalização de Contas de Governo e de Gestão; Bruna Nakaya Abrahão, a Coordenadoria de Contas do Estado; a Coordenadoria de Contas dos Municípios será chefiada por Carlos Alberto Corrêa de Souza; para a Divisão de Fiscalização de Contratação Pública, Perícias, Convênios do Estado e dos Municípios, foi nomeado Walter Vargas de Matos; na Coordenadoria de Gestão de Estado, João Carlos Assumpção Filho; a Coordenadoria de Gestão dos Municípios será chefiada por Herbert Covre Simão; na Divisão de Fiscalização de Saúde assume Haroldo Oliveira de Souza; para a Divisão de Fiscalização da Educação foi nomeado o servidor Gláucio Hashimoto; Nasser Abdallah foi designado para a Divisão de Fiscalização da Engenharia, Arquitetura e Meio-ambiente; Cláudia Mazza Anache para a Divisão de Fiscalização de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária; na Gerência de Auditoria Operacional,  assume Roberto Carlos Rinaldi; e para a Coordenadoria de Avaliação e Programas, Ricardo Ferreira Arruda.

Os nomes dos servidores indicados para a chefia das divisões tiveram aprovação por unanimidade em sessão do Tribunal Pleno. Para o corregedor-geral do TCE-MS, conselheiro Iran Coelho das Neves, “essa é a materialização definitiva do trabalho efetuado e coordenado pelo conselheiro Osmar Jeronymo e, desta forma, eu voto pela aprovação do projeto de resolução na forma em que foi apresentado”.

O presidente da Corte de Contas, conselheiro Waldir Neves, afirmou estar muito confiante no trabalho no grupo. “Tenho certeza que, a experiência e o conhecimento técnico desses servidores serão fundamentais para avançarmos, cada vez mais, para um Tribunal de Contas transparente, célere, e, sobretudo, ágil ,que resolve os problemas.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here