Mato Grosso do Sul adia em 48 horas início de lockdown em 43 cidades, incluindo Campo Grande

0
61
Foto: Edemir Rodrigues/arquivo

O decreto estadual que coloca 43 municípios na fase cinza do programa Prosseguir deve ser suspenso na manhã desta sexta-feira (11).  Com isso, as restrições que foram chamadas de lockdown, por muitos, começariam somente no próximo domingo.  

O governo de Mato Grosso do Sul atendeu em partes o pedido do prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), e estabeleceu 48 horas para que as 43 cidades do Estado que estão em classificação cinza, de fato iniciem as restrições de circulação. 

No documento a prefeitura pedia para que o Estado considerasse as peculiaridades de Campo Grande e que adiasse o início das restrições por três dias, para que o município tivesse condições de se organizar para fiscalizar as medidas.

O chefe do Executivo alegou que a Capital tem mais 10 leitos destinados ao tratamento da Covid-19 no Hospital Adventista do Pênfigo, “cuja finalização está prevista para o sábado (12), sendo que quatro leitos já estão em funcionamento”.

Pelo que informou o secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, as medidas que permitem somente as atividades essenciais no Estado teriam efeito a partir do próximo domingo (13).  

A decisão de adiar o início das restrições foi tomada depois que comerciantes pediram um prazo maior para evitar prejuízos com a venda de produtos e também de serviços para o Dia dos Namorados.  

A classificação cinza em 43 municípios de Mato Grosso do Sul decorre do colapso hospitalar que o Estado enfrenta desde a segunda quinzena de maio.  

Nesta semana, o contágio, que deveria cair, acelerou: há dois dias que o Estado registra mais de 3 mil casos de Covid-19 diariamente. 

Anteriormente, mesmo em épocas críticas, o total de infecções não passava das 2 mil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here